Posts Marcados: 21 de Abril

Forca, fim e inferioridade

Neto Medeiros No começo era o verbo. Ou o ouro. O ciclo dourado na terra do Eldorado. Vila Rica abarrotada de escravos, traficantes deles, coronéis, comerciantes, bosta de vaca, dinheiro, jacubas, mocotós e confabulações. Casarões germinados dão acesso uns aos

Forca, fim e inferioridade

Neto Medeiros No começo era o verbo. Ou o ouro. O ciclo dourado na terra do Eldorado. Vila Rica abarrotada de escravos, traficantes deles, coronéis, comerciantes, bosta de vaca, dinheiro, jacubas, mocotós e confabulações. Casarões germinados dão acesso uns aos

Liberdade Presa, Reflexão Musical

Neto Medeiros Ouro Preto abriga gente de todo o mundo. Além de seus paradoxos, que envolvem o novo e o velho, e de todo o seu cenário único, a cidade se relaciona com seus visitantes quase que diários, também por

Liberdade Presa, Reflexão Musical

Neto Medeiros Ouro Preto abriga gente de todo o mundo. Além de seus paradoxos, que envolvem o novo e o velho, e de todo o seu cenário único, a cidade se relaciona com seus visitantes quase que diários, também por

Ouro Preto sitiada: o 21 de abril dos outros

Neto Medeiros Imagine um lugar tomado por cercas. Cancelas pra todos os lados. Policiais, cães farejadores, fuzis, exercito, helicóptero. Vários agentes de segurança do Estado, empunhando metralhadoras e protegidos com coletes. Imaginou? Se você viajar demais, talvez este cenário tipicamente

Destacado / Um Comentário

Ouro Preto sitiada: o 21 de abril dos outros

Neto Medeiros Imagine um lugar tomado por cercas. Cancelas pra todos os lados. Policiais, cães farejadores, fuzis, exercito, helicóptero. Vários agentes de segurança do Estado, empunhando metralhadoras e protegidos com coletes. Imaginou? Se você viajar demais, talvez este cenário tipicamente

Destacado / Um Comentário