A dificuldade da apuração a distância.

Nossa reportagem tenta mostrar um pouco da visão que as empresas têm em relação ao intercâmbio e a fluência em outra língua. Agora perguntamos: como fazer essa matéria ser atraente para nossos leitores? Vocês, depois de lerem nossa reportagem (quem não leu clica aqui) podem nos responder: a matéria era atrativa?

Para nós o maior desafio foi tentar fazer algo que chamasse atenção para um tema não tão divertido e no fim das contas o assunto foi abordado da maneira mais acertada que julgamos. A forma como o intercambio pode beneficiar ou não um candidato na hora de concorrer a um cargo, em nossa humilde opinião, deveria ter uma abordagem direta e sem rodeios. E foi assim que apresentamos a reportagem com a ajuda da simpática Renata da Novelis e do Rodrigo da EMBRAER. Os dois foram extremamente solícitos em falar sobre o tema. Outra dificuldade encontrada por nós foi que como queríamos mostrar a perspectiva não só das empresas da região, mas também de outros estados por motivos de força maior (não tínhamos a menor condição financeira de ir até o local) tivemos que conduzir entrevistas por e-mail e percebemos a dificuldade de fazer uma apuração a distância. Como ainda não estamos acostumados com esse tipo de processo e passamos leves apertos na hora de selecionar as perguntas e direcionar nossa conversa previamente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: