Ciclismo: um esporte de dedicação

Bruna Mattos e Mariana Mendes

Para você que está pensando em levar a sério este esporte, confira o depoimento de um dos melhores ciclistas da região de Mariana, MG: Wanderson Aparecido da Silva, o Tacobel. Este atleta de 29 anos, que também é lojista e estudante de Educação Física, nos fala um pouco sobre sua experiência e as dificuldades a serem enfrentadas por quem decide praticar o ciclismo.

Tacobel iniciou no esporte há 13 anos, depois de conseguir comprar a bicicleta profissional inspirado nas várias competições de ciclismo que assistiu, como o Bike Enduro, que são bastante comuns aqui na região. O atleta pontua que o ciclismo é um esporte muito caro e tem pouco patrocínio, por não ter muita visibilidade. Outra dificuldade é o grande esforço físico que a prática exige. São necessários, no mínimo, treinos com duração de 2 a 3 horas, pelo menos três vezes por semana. Para complementar o treinamento, é necessário uma dieta balanceada e frequência na academia.

Os gastos mensais do ciclista para manter essas exigências são, em média, de R$1.200,00. Mas ele lembra que esses gastos são de quem já possui a bike profissional, que custa de R$ 20 mil a R$ 30 mil.

A rotina física de Tacobel inclui treinos de terça a domingo, com duração de 1h30 a 3 horas, sendo que, no domingo, o treino é mais intenso, chegando a 5 horas de duração. Anualmente, o atleta participa, em média, de 22 provas por ano. Seu melhor resultado, em 2012, foi o quarto lugar no Campeonato Mineiro, na categoria profissional.

Existe algum tipo físico certo para praticar o esporte? Segundo ele, não. Nas competições, tanto uma pessoa de 1,90m pode ganhar como alguém de 1,60m. O que importa é a pessoa ter resistência física, baixo percentual de gordura e muita persistência.

Já com 29 anos, o ciclista vê uma grande diferença na sua qualidade de vida, comparando com amigos da mesma idade que não praticam o esporte. “A maioria deles já está acima do peso, tem maus hábitos, bebem muito, fumam, alguns que já apresentam problemas de pressão alta e colesterol”.  Segundo ele, disciplina é a palavra de ordem: “A pessoa que pratica ciclismo costuma ser muito dedicada e focada, porque tem um compromisso muito grande. O ciclismo exige muito”. Tacobel completa que um ciclista que fica quatro dias parado compromete o treino do mês inteiro.

Um esporte exigente como esse precisa de acompanhamento médico periódico para não correr o risco de passar mal durante a corrida. O atleta faz sempre exames de coração e clínico geral para evitar surpresas na hora da competição.

Com o terreno acidentado, essa região de Minas Gerais se torna o lugar ideal para estimular e treinar novos atletas interessados em iniciar a prática esportiva, mas Tacobel alerta para as dificuldades do terreno: “Para a pessoa que está começando, a exigência vai ser muito grande. Para vencer as serras daqui, tem que já ter um bom preparo físico”.

Ficou interessado? Que tal usar aquela bicicleta que está aí largada na sua casa e começar a explorar a região? Com muito treino e esforço você também pode se tornar um profissional, conhecer as belezas naturais da nossa região e ainda ficar em forma!

Anúncios

  1. Pingback: Mulheres no Moutain Bike | Antes do fim

  2. Pingback: Bicicleta como transporte em Mariana | Antes do fim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: